Novidades Ecológicas

Receitas de Inverno

COMIDA VIVA NO INVERNO É POSSÍVEL?

Alimentação viva defende que você deveria comer tudo cru, baseado em diversos argumento:

1- Alimento fresco tem mais nutriente que alimento velho.

2-Alimento cru é mais natural para um animal que cozido, frito, refogado, etc….

3-Alimentação baseada em vegetais é mais ecológica

Bovinos rendem apenas  4% do que foi investido em alimentação, sem contar o impact que ele causa em terrenos, desmatamento e gases do efeito estufa. Temos vai vacas que gente vivendo no Brasil.

4-Matar vegetais me parece mais ético que matar animais

Matamos por que achamos que nossa espécie pode e deve matar. Escravizamos por que a pele era diferente, estupram por que acham que merecem. Matar para ter prazer é anti-ético. Plantas precisam ser comidas, a “vida”delas está na semente, elas criam aromas atraentes, sabores adocicados, para serem comidas, é assim que elas proliferam suas sementes. Exercemos um relação simbióticas com as plantas onde ambas as partes se beneficiam. A relação com os animais é parasitária, apenas um lado se beneficia.  

5-Temos mais de 100.00 plantas comestíveis e nos alimentamos de apenas 20 espécies.

Estamos perdendo uma oportunidade enorme de conhecer plantas fantásticas que oferecem texturas, aromas, sabores, picâncias únicas e maravilhosas por basear nossa dieta em produtos de origem animal. 

Se você já sabe o que é alimentação viva, vai entender que no inverno as coisas se complicam, não é verdade?

Mas antes quero falar um pouco de como as pessoas conduzem problemas em geral em suas vidas.

CONTEÚDO EXCLUSIVO

CADASTRE-SE PARA TER ACESSO

Como ter acesso:

1- Entre com seu nome e email

2-Abra seu email, clique no link de confirmação

3-Volte nesta página que o conteúdo vai estar liberado

Existem dois tipos de seres humanos:

I) Tenho um obstáculo vou superá-lo, se não consigo vou treinar, me desenvolver, para superá-lo em breve.

II) Tenho um obstáculo. Na verdade, se eu mudar de trajetória ou desistir deste caminho, não terei mais este obstáculo para transpassar.

Existem aqueles que quando encontram uma dificuldade pelo caminho, se preparam para vencer o obstáculo e seguir em frente. Outro tipo de ser humano muito interessante, são aqueles que se acham incapazes de vencer o problema e começam a dizer que passar pelo penhasco não é tão importante assim, não precisa é desnecessário.

Sim, existem muitos caminhos que levam a felicidade se você escolheu este porque acredita ser o mais correto, mais ético, mais coerente, não desista. Saber voltar é uma virtude. Mas desistir por que não dedicou energia suficiente para vencer é triste.

Mas existe um terceiro tipo que é pior ainda, este é uma variação do segundo, ele diz que quem venceu o obstáculo é um idiota, um fracassado, maluco em passar por tantos problemas, sendo que existe outros caminhos para passar.

Enfim, assim é na alimentação viva, existem os que acham que viver uma dieta 100% viva é coisa de maluco.

Eu faço parte do primeiro grupo, estou sempre tentando, mesmo sabendo que é difícil.

Ser 100% vivo é fantástico, foram os melhores anos da minha vida. Todos os dias, eu desejo voltar a vivenciar esta energia. Estou cada vez mais perto, caio mas sigo em frente.

Para algumas pessoas, isso é muito complicado, lidar com este sentimento de fracasso continuo, então elas começam a dizer que está tudo bem perder o foco. 

Falhar é normal, mas achar que o erro é o certo, este sim é o grande problema de se conseguir superar algo na vida.

Vou dar minhas dicas e deixar 3 receitas que ajudam muito a vencer estes tempos de recolhimento. 

O mais importante é você entender que nós seres humanos somos capazes de sobreviver em qualquer dieta, sendo assim, todas estas justificativas que as pessoas inventam está mais relacionada com questões emocionais do que realmente nutricionais.

Se a dieta for baseada em comida de verdade você somente vai sentir falta de nutrientes depois de anos e se vier a sentir, por mais precária que seja.

Uma dieta baseada em comida de verdade por mais desregulada que seja é muito melhor que uma dieta super regulada baseada em comida de mentira. Quando passamos a comer alimentos frescos, passamos a desenvolver uma intuição incrível, você vai se tornando capaz de saber o que seu corpo precisa. Chega a salivar para determinados alimentos.

Qual é o grande problema do inverno?

Perdemos um dos maiores estímulos de nossa viva o SOL. Neste caso nosso corpo e mente busca por outros prazeres. Neste caso a comida.

Sim é legal balancear a dieta em termos nutricionais, o grande problema de conduzir uma dieta saudável está muito mais relacionado em sentimento que ciência. 

Grande parte das sensações que as pessoas sentem quando mudam de dieta está relacionada a repetir um padrão mental do que realmente está faltando esse ou aquele nutriente. 

O meu maior desafio em conseguir mudar a dieta das pessoas é conseguir mudar sua forma de pensar e sentir. Alimentação baseada em plantas não deixa faltar nenhum nutriente, mas as pessoas se desesperam se tirar o “queijinho”. 

Minha dica é simples, mostre quem manda:

Sua mente ou Seu corpo?

Todos os fricotes que irá sentir quando parar de comer cozido, carnes, ovos, queijos, pão, não passam de fricotes da mente, buscando o biscoitinho do treinador para o cachorrinho rolar ou sentar.

Nossa mente tralha sob estímulos, passe a oferecer outros estímulos de prazer como andar na natureza, brincar com seu filho, banho de cachoeira, fazer sexo gostoso e demorado, abraçar pessoas, participar de grupos de escalada, caminhada, bicicleta, grupos de estudo. 

Alimente sua alma que o corpo para de implorar por porcarias.

Aqui apenas algumas dicas para calar seus fricotes e focar no mais importante, sua saúde:

  • Não faça a ingestão de alimentos frios, resfriados ou congelados.

  • Beba um chá antes de tomar seu suco verde na parte da manhã e outro depois.

  • Faça amornados, esquente sua comida um pouco, use panelas de barro ou pedra, são as melhores para preparar estes tipos de receitas. 

  • Use as mãos para misturar enquanto aquece, se usar colheres, vai estar comendo alimento cozido,

  • Fazer uso de desidratados no inverno é ótimo. 

  • Organize umas férias em Goiás, nNordeste, Amazônia, lá não tem inverno.

  • Coma mais, coma muito. 

  • Mova-se, pratique atividades ao ar livre.

  • Coma alimentos cozidos no final do dia. 

  • Durma sedo.

  • Mantenha-se aquecido.

  • Tome banho a noite antes de dormir, tome um chá bem quente e cama.

Minhas receitas favoritas do inverno:

[yumprint-recipe id=’11’] 

[yumprint-recipe id=’9′][yumprint-recipe id=’10’] 

 

​Read More
Novidades Ecológicas

Comida Ecológica em Dubai – Curso de Alimentação Viva

Sem dúvidas uma das experiências mais incríveis que já tive na vida, mas não pelos motivos tradicionais, não pelos prédios incríveis, pelos pontos turísticos de outro mundo, mas por conhecer as melhores especiarias do planeta, as melhores ervas e tâmaras que jamais provei.

Dubai produz alimentos no deserto com a água dessalinizada, imagina o custo? Os mercados tem comida do mundo inteiro, nunca vi tantos vegetais diferentes. Quando gravei este vídeo eu estava fazendo compras para um jantar na casa de um cliente que morava no 95º andar de um prédio de 120 andares.

Quando escutei sobre Dubai fui buscar no Google, poderia jurar que era de mentira. Nunca moraria em em uma cidade assim, mas amei conhecer. Até você ver, com os próprios olhos, é difícil de saber se as fotos são reais ou não.

Como foi minha viagem a Dubai?

Fui a convite de uma amiga de infância, Ana Garcia, ela tinha interesse em melhorar sua alimentação e de quebra ela estava olhando este universo da alimentação vegana como uma alternativa financeira. Ela trabalhava em Dubai e estava bem estabelecida mas era apaixonada por alimentação saudável. Depois que fui para Dubai, ela largou tudo, fez um curso de culinária viva nos EUA e está trabalhando como Personal RAW Chef e sua agenda está lotada.

Fiquei no total 3 semanas em Dubai, aluguei um carro e conheci muitos cantinhos super interessantes. Claro os Shopping Centers que são bizarros de grandes com até pista de esqui.  Loja de ouro lá é igual loja de pão de queijo em MG. Porém o que mais gostei foram as lojas de especiarias.

Nadei no mar quente do Golfo Pérsico, fiz uma travessia de 2km, via apenas blocos de concreto ao fundo e algas marinhas começando a povoar as  fissuras das "pedras". Tudo em Dubai é de mentira, ilhas, cachoeiras, lagos, rios. Tudo foi construído a partir de um grão de areia, literalmente, um grão de areia misturado com petróleo. 

O que fui fazer em Dubai?

Abrir portas. Sempre que sou chamado para ir a um lugar que nunca estive não coloco muitas condições.  Vejo o que está sendo oferecido, vejo se minha agenda não está em conflito com outros eventos e aceito sem perguntar muito.

Não tínhamos um plano definido, apenas pessoas que acreditavam no meu trabalho e achavam que naquele país muitas portas poderiam se abrir e todos envolvidos no projeto inicial poderiam beneficiar-se.

Sempre que vou para um lugar que nunca estive, tenho a estratégia de gerar 3 tipos de eventos:

Gratuito - totalmente grátis (normalmente uma palestra com algum tipo de degustação)

Simples - mais barato (quase sempre um curso mais básico, 4 a 6h de duração)

Completo - preço elástico ( pode ser um detox de 5 dias, um curso privado, várias possibilidades podem surgir neste 3º tipo de serviço)

Como foi feito?

Uma vez definido os 3 tipos de serviço eu defino as datas, normalmente sexta, sábado e domingo. Sendo que o mais completo eu deixo para domingo.

Claro que em Dubai eu tive outra estratégia como eu estaria lá por 3 semanas, minha idéia era que na última semana seria o meu serviço mais completo, 5 dias de Detox.

Tudo começou com uma palestra, mas o dia escolhido foi em uma quarta feira, pois todos que tinham sido contactados gostavam de sair no final de semana. Observe os hábitos culturais da cidade que está, da população, no seu entorno, um dos maiores erros que as pessoas comentem quando querem vender algo ou ajudar pessoas é não perguntarem antes duas coisas simples:

O que seu público precisa

Para quando ele precisa

Então começamos nossa divulgação, uma palestra super legal, com informações relevantes e uma degustação das "quase" melhores receitas, esta é a chave do que acredito ser a melhor estratégia para começar um empreendimento. 

Por que "quase melhores receitas"?

Simples, as melhores tem que ser quando as pessoas te contratam.

Nem sempre as coisas saem como planejado, estar preparado para o fracasso é tão importante quanto estar preparado para o sucesso e não posso dizer que foi um fracasso. A única coisa que não deu certo foi ministrar um detox no final da temporada em Dubai, mas foram ministrados:

- 3 cursos de culinária, um em inglês, um em espanhol e outro para brasileiros em Dubai;

- 1 jantar para duas clientes, foi super importante, pois abriu muitas outras portas;

- 1 almoço para 20 pessoas; o evento mais lucrativo de todos. 

Seja nosso aluno do Curso Chef Ecológico e conheça nossas dicas de como começar a empreender

O que aprendi nesta incrível viagem

Aprendi que os melhores restaurantes não estão a beira mar onde os turistas comem. Os melhores são onde os funcionários dos hotéis, operários frequentam; eles ficam deserto a dentro. São os verdadeiros restaurantes Indianos, Tailandeses, Marroquinos, além de serem super baratos são mais autênticos gastronomicamente falando. Comida de verdade assim como cada cultura está acostumada. 

Nunca durma do lado de fora, na varanda, para evitar o ar condicionado. Vai acordar cheio de areia do deserto e de quebra as 5am vai dar um pulo de susto quando a mesquista mais próxima começar as atividades. Eles tem os melhores e mais altos alto-falantes que já escutei na vida e não começam devagarinho, com um mantra, promovendo a meditação, o tom de abertura parece ser o mais alto. Dei um pulo que quase cai da varanda.

Não deixe de provar os mais de 30 tipos de tâmaras e traga pelo menos 50 dos 500 tipos de especiarias. Mas se fizer isso, traga em embalagens comerciais e lacradas ou o Ministério da Agricultura vai jogar tudo fora. 

O que mudou na minha carreira, por ter ido para Dubai?

Eu trouxe uma mala de temperos, usei eles por um ano. Comprei uma geladeira apenas para guardar os tantos temperos que trouxe. Em vários jantares gastronômicos que promovi pude apresentar sabores incríveis e inusitados e responder com todo orgulho, trouxe de Dubai. Gastronomia é entretenimento, as pessoas gostam de provar coisas malucas de outros países. Conhecer restaurantes internacionais autênticos para depois tentar copiá-los na versão saudável é outra quando coisa quando se provou a comida original. Bagagem gastronômica se adquire provando coisas e não lendo em livros.

Depoimentos dos meus alunos em Dubai

Daniel,
Adorei conhecer você e todos os seus ensinamentos!! Espero me tornar uma pessoa melhor a partir de agora. Você nos abriu os olhos. Até a volta! Em breve! Beijo. Paula S.

​Querido,
Adorei te conhecer; suas receitas são fantásticas!!
Mago dos potinhos!
Sucesso sempre!!
Mil beijos
Sabrina

Daniel, virei sua fã de carteirinha. Queria você todos os dias!!! Rssss. Adorei o grupo e sentirei saudades dessa turma mega dedicada.
Bjos e mais sucesso em 2013.
Torcendo muito pela sua vinda definitiva pra cá!!!

Super informativo curso sobre comida ecológica. Deu uma super base de conhecimento para fazer os sucos, o que comer para lanche, como fazer saladas e mix de vegetais, sopa e sobremesa. Adorei! Super fácil e rápido de preparar e muito nutritivo.
Obrigada pelo treinamento e carinho Daniel.
Simone - Dubai - 23/10/2012

Curso maravilhoso, ultra-produtivo, com impacto imediato na alimentação, enfim é maravilhoso saber que pode-se comer muito bem somente com verduras, legumes e frutas. Mudanças radicais a serem feitas. Boa sorte Dani trabalho excelente.
Christiane Williams, Dubai 23/10/2012

It was really interesting and very good. Thank you very much!
Lanne

Daniel's food coaching was very informative, his approach is flexible and offer's support for all types of people whether to maintain weight, cure or energize which was refreshing. It was great to see how easy it can be to make a super yummy meal yet nutritious. He improvises which makes the whole experience of cooking more real and achievable by all. Fantastic training. Waad. Dubai 22/10/12

Daniel, muchas gracias por compartir tus conocimientos con nosotros. Me encanta tu forma de ensiñar y tu "paciencia" con nosotros. Ojalá puedas volver a Dubai y hacer una parte 2 del curso.
Claudio

Querido Daniel,
Muuuuuuuchissimas gracias por teus valiosos conocimientos!! Aqui es estaremos para una segunda parte.
um bezo, Veronica

Daniel,
Mil gracias por la cena tan deliciosa, y el postre estava fenomenal. Espero verte de nuevo.
un abrazo,
Doraliz

Daniel,
Ha sido un placer la mañana que compartimos!!! La alimentacion és un acto sagrado y vos ayudar a concientizarmos de eso!!! Muchissimo exiteo en Dubai y todo el mundo!!!
Marcela, Dubai 30/10/12

Querido Daniel,
Si logno cambiar mi alimentacion, como el ciclo de transformación, que a partir de Joaquin empecé... o lo abro a miles de possibilidades que sé que estais ali para descubrir.
Gracias, Belém


Quer mais dicas de como empreender no mundo da Alimentação Saudável? Seja nosso aluno no nosso Curso mais completo

​Read More
Novidades Ecológicas

Tem que ir na Ana Maria

Indique nosso Chef ao programa da

Ana Maria Braga

para ensinar estas receitas para todo Brasil

Foto Daniel  Living Food Expert

 

Torta de frutas vermelhas

TXF5449.jpg

Ingredientes

1 copo de Noze, 1 copo de castanha do pará, 2 copos de Tâmara desidratada,  1 colher de chá de Canela em pó, Raspa casca de 1/2 limão, 1 colher de essência de Baunilha ou as sementes de uma fava, 2 copos de Morango bem maduros, 2 copos de Amora bem roxa, 3 copos de Castanha de cajú crua sem sal, 1 copo de Agave ou mel.

Forma de preparo

Base

Triture em um processador de alimentos, as tâmaras e as nozes que deveriam estar de molho em água potável por 12h a canela e a baunilha até ficar com uma consistência firma e homogênea. Espalhe a massa em uma forma de torta, use uma folha de papel manteiga para proteger e facilitar de tirar da forma.

Recheio

Bata em um liquidificador todos os outros ingredientes até formar um redemoinho no copo do liquidificador, Você poderá adicionar mais frutas ou um pouco de água até conseguir que tudo fique bem homogênio mas com uma textura de leite condensado. Adicione os ingredientes aos poucos para não forçar seu liquidificador. Se achar que não ficou muito doce, adicione mais mel.

Decoração

Sinta se livre de decorar da forma que preferir, mandalas de frutas sempre ficam muito bonitas.

 

 

Melhor Suco verde de todos

sucoverde.jpg

Ingredientes

1 Manga palmer grande, 1/2 copo de água de coco, 2 folhas de couve e 2 colheres de sopa de maracujá, 1 colher de sopa de linhaça germinada

Forma de preparo

Liquidifique todos os ingredientes, se achar que ficou muito forte adicione mais manga e menos folhas verdes, se achar que ficou muito espesso adicione mais água de coco.

Trufas de chocolate Ecológicas

TXF5061.jpg

Ingredientes

Mesmos ingredientes da base da torta acima e a mesma forma de preparo. Porém adicione 1/2 copo de cacau em pó sem açúcar e 1/2 copo de alfarroba em pó se achar na sua cidade caso não encontre use somente o cacau. Você pode comprar pela internet.

Poderá adicionar também um pouco de manteiga de cacau ralada bem fininha (opcional) na massa antes de enrolar os docinhos.

Forma de preparo

Enrole as bolinhas e depois passe em um pouco de alfarroba para ficar com cara de trufa.

 

Nossos dados para indicar:

Daniel francisco de Assis
28/12/1977
Casado
Chef de Cozinha
danielf (arroba) comidaecologica.com.br

(32)8876-5581
Rua Treze de Maio 42 A 702
Centro -Barbacena – MG
36202-318

Clique neste botão para indicar nosso Chef Daniel

ao Programa da Ana Maria Braga

Você deverá ser cadastrado no site GLOBO.COM ou efetuar seu cadastro antes, eles irão pedir seus dados pessoais.

Após efetuar seu cadastro no site da Globo, preencha o formulário do programa Mais Você.

 

index_0022

 

 

 

​Read More
Novidades Ecológicas

Cardápio de 3 dias da minha filha Olivia

Cardápio da minha filha Olivia


Tenho duas filhas, uma mora comigo no Brasil (Valentina) e a outra mora na Espanha (Olivia). Infelizmente não posso conviver com as duas mas tento muito estar presente o máximo possível e claro que tento influenciar as escolhas alimentares até onde posso. Mas Olivia tem a sorte de ter uma mãe com muita consciência alimentar e muita metodologia em saber negar, evitar, controlar e conduzir Olivia a uma dieta o mais vegana possível mas claro que, como não tem ninguém do seu convívio famíliar que é vegano fica muito difícil.

Olívia até os 3 anos de idade aceitava o que era direcionado, hoje com quase 6 ela faz suas próprias escolhas pois ela tem convivido muito com seus avós maternos que comem de tudo, claro que uma dieta mediterrânea na mais perfeita definição, então dos males o menos pior.

Este é um cardápio de Olivia quando tinha quase 3 anos.

Olívia foi vegana até os 2 anos de idade depois a mãe que não é vegetariana introduziu peixe e ovos. Aos 4 anos de idade como Olivia passa muito tempo com os avós que comem de tudo, Olivia passou a comer de tudo claro que sua mãe sempre tentando evitar excessos e sempre focando o máximo possível de sua ingestão calórica em vegetais, frutas e legumes.

Dia 1

Café da manhã

– 400g Melancia
-35g   goji berries (secas!!) São como uva passas mas são vermelhas.
-3       biscoitos de aveia

Almoço

-10  Azeitonas pretas
-100g de arroz
-200g  Abóbora
-2 folhas de Acelga

Lanche da tarde

Suco Verde

2 laranja

1 banana

8 morangos

1 folha acelga

Lanche da noite

Leite Vivo

200ml água

30 gr sementes de maconha

1 colher de mel

8 nozes pecanas

 

Dia 2

Café da manhã

300 gr de uva, 1 maça

60 gr de Pão Germinado

1 banana

Almoço

200 gr de brocoli ao vapor
50 gr de lentilha cozida com 1 limao

2 folhas de espinafre

1 colher de chá de azeite oliva

Lanche da tarde

-1 manga

Lanche da noite

Leite Vivo

200ml água

40 gr de amêndoa germinada

1 colher de mel

8 nozes california

 

 

Dia 3

Café da manhã

2 fatias de abacaxi

1 pera

3 mandarina

1 romã

Biscoitos de Arroz

Almoço

-50 gr de peixe branco
-50 gr de Couve-flor ao vapor

Lanche da tarde

Vitamina Verde

2 laranjas

2 Carambolas

8 morangos

1 folha acelga.

Lanche da tarde

Leite Vivo:

200ml água

30 gr semente de maconha

1 colher mel

8 nozes pecanas

​Read More
Novidades Ecológicas

Dicas Detox 2

Benvindo,
Ao programa de desintoxicação vivencial
“Spa Ecológico” do Projeto Comida Ecológica,

Oferecemos uma imersão total na Alimentação
Viva.

Spa Ecológico
é uma nova maneira de  fazer
SPA, o foco é uma completa re-educação
alimentar.

Queremos mostrar
que é possível se alimentar de uma forma
prática, simples, nutritiva, mágica e que ainda ajuda o planeta.

Queremos ensinar  você
a nunca mais precisar de um  SPA  para o controle de calorias, controle do peso, controle de horário, controle, controle…

Nosso programa é liberdade…
Você irá provar milk-shake, sorvetes, pizzas, tortas, biscoitos, lazanhas, sucos incríveis,sem culpa  e ainda vai perder peso, ganhar energia e vitalidade.

Agora se o seu objetivo é dar uma reviravolta na sua forma de se alimentar
,o programa de sucos é o ideal, você terá 3 dias de suco vivo para ajudar a melhorar sua saúde de uma forma saudável . Nossa tecnologia é inédita no Brasil.

Visite nossa web de lançamento:
www.spaecologico.com.br

3)Para ajudar a solucionar o problema de comer fora e seguir se alimentando de forma saudável, descobri duas tecnologias que me ajudaram a me manter saudável nas viagens, passeios e cursos.

a)Não coar o suco
b)Usar estas garrafas térmicas super resistentes.

Estas duas mudanças tornam possível levar o suco para o trabalho, mantê-lo vivo por mais tempo.
Você irá perceber que o suco mantido nesta garrafa desde que não coado, manterá seu sabor agradável por até 4h se a garrafa não estiver no sol, e até 12h na geladeira.
Gostaria de deixar bem claro que o melhor é tomá-lo fresco, mas melhor um suco não tão fresco que uma coxinha e refrigerante.

Para saber mais informações sobre esta garrafa clique aqui.


4)Receitas de suco vivo:

Existem muitas formas de se fazer um Suco Vivo, algumas são coadas, outras coam apenas na primeira batida e outras não coam nunca.

Suco de Luz do Sol 1
1 Pepino, 2 Maçãs, Gengibre, 1/2 Cenoura, 1 Folha de Beterraba, 1 folha de Couve, 2 folhas de Alface Lisa, Espinafre (pouquinho), Hortelã (punhado), Semente Germinada

Suco de Luz do Sol 2
1 Pepino, 1/2 Chuchu, 2 Maçãs, Gengibre,1 Inhame, Rama de Cenoura (pouco), 1 folha de Couve, 2 folhas de Alface Lisa ou Folha de Salsão (punhado), Semente Germinada.

Green Smoothie ou vitamina verde (não é coado)
Água de coco, morangos, couve, alface, folha de salsão, espinafre (pouquinho), abacate, bananas.

Suco Ecológico 1
Pepino, Chuchu, talo de salsão, BATER E COAR
Folhas de salsão, 1/2 limão, BATER E NÃO COAR

Suco Ecológico 2
Pepino, Chuchu, Gengibre, Folha de Beterraba ou Rama de Cenoura ou Folha de Abóbora, BATER E COAR.
Bananas, Abacate, Alface Lisa, Folhas de Salsão, 1 Folha de Couve, Espinafre (bem pouco), Semente Germinada, Suco de Limão, BATER E NÃO COAR.

Conheça o suco vivo e todas suas variações, www..sucovivo.com

5) Boletim Suco Vivo “Nem tudo que tem “S” é saudável

Olha como estamos mudando um das maiores industrias da morte de animais agora quer entrar no campo dos sucos saudáveis, mas eles não tem a menor idéia do que é sadável, saber mais.

6) Comunidade Comida Viva

Para dúvidas nutricionais, culinária, receitas, use nossa comunidade comida viva, mais de 1200 membros, e 300 perguntas sobre comida viva já respondidas, faça sua pergunta agora.

​Read More
Área Membro, Dicas de Culinária

AM – Cardápio Vivo

A alimentação viva vem se espalhando pelo Brasil. A repórter Adriana Ferreira descobriu em Belo Horizonte o projeto Girassol. Comandado por Laurita Alves, o grupo ensina como encontrar saúde e bem estar pela boca. Adriana acompanhou uma reunião com várias dicas e receitas.

OUÇA AQUI A REPORTAGEM E O PROGRAMA COMPLETO DESTE SÁBADO

E para os ouvintes do Caminhos, Laurita fez um cardápio especial para quem quiser experimentar um dia inteiro apenas com alimentação viva.

I – CAFÉ DA MANHÃ

 

I.1 – Suco Luz do Sol

RECEITA:

 

Ingredientes:

– 02 maças

– 01 copo (250 ml) de sementes germinadas ou de brotos (preferencialmente a de girassol)

– 01 copo do liquidificador de folhas verdes: couve, alface, rúcula, clorofila (grama de trigo), capim santo, melissa, hortelã, salsa, manjericão, folha de abóbora, folha de beterraba, folha de batata doce, chicória, acelga, ou outra que desejar – o objetivo é extrair o sumo verde, portanto poderá ser usado qualquer folha verde comestível) etc.

– 01 pepino ou cenoura – inteiros – utilizados como socadores;

– pode ser acrescentado: beterraba, abóbora, cenoura, inhame, etc.

 

Modo de fazer:

No liquidificador colocar primeiro um pouco da maçã picada. Ir acrescentando as folhas verdes e intercalando, maças, folhas, legumes (se colocar) e prensando com o pepino ou cenoura. Coar a massa formada em um coador de pano ou voal.  Retornar o liquido formado ao liquidificador, acrescentar as sementes germinadas[1]. Bater novamente até que as sementes estejam totalmente trituradas. Coar em seguida para retirar as fibras, o que facilita a absorção da clorofila.

Obs.: nos encontros, terá a oportunidade de aprende o processo de germinação de cada uma das sementes.

 

I.2 – VITAMINA VERDE:

 

RECEITA:

Ingredientes:

– frutas de preferência (utilizamos banana e manga)

– folhas verdes (alface, acelga, almeirão, etc) – utilizamos almeirão

– água natural ou água de coco ou leite de girassol (girassol germinado batido com água de coco ou água natural no liquidificador e coado em voal) – utilizamos leite de girassol

Modo de fazer:

– bater tudo no liquificador e tomar sem coar.

 

 

II – LANCHE (pode ser usado entre o café da manhã e o almoço ou à tarde e até mesmo como jantar)

 

II.1 – CREME DE LINHAÇA

RECEITA:

Ingredientes:

– linhaça germinada

– bananas maduras

– alguns brotos (alfafa, girassol, etc) (opcional)

Bater bem todos os ingredientes no liquificador. Despejar em uma tigela o creme formado, polvilhar com canela. Decorar com frutas picadas (utilizamos manga e kiwi) e amêndoas germinadas trituradas.

 

III – ALMOÇO

 

III.1 – SALADA DE LENTILHA

 

Ingredientes:

– lentilhas germinadas

– abóbora verde ralada;

– pepino picado (pode ser substituído por cenoura ou repolho ou rabanete ou brócolis ou couve-flor)

– cebola, alho a gosto

– sal marinho, azeite extra virgem, limão e cheiro verde a gosto

 

Modo de preparo:

 

Amornar os ingredientes com a mão, amassando bem até que fiquem bem macios, acrescentando o azeite, limão e um pouco de sal. Montar a salada criando mandalas, desenhos, etc.

 

 

III.2 –  PATÊ DE GRÃO DE BICO

 

Ingredientes:

– grão de bico germinado

– amendoim germinado

– água de coco e a polpa do coco

– alho, cebola, azeite extra virgem, sal marinho, a gosto

 

Modo de preparo:

– Bater todos os ingredientes no processador até formar um creme. Decorar a gosto. Acompanha saladas, fermentados e desidratados.

 

III.3 – QUEIJO DE GIRASSOL

RECEITA

Ingredientes:

– sementes de girassol sem casca hidratadas por 08 a 10 horas;

– rejuvelac – bebida fermentada da alimentação viva (aprende-se a fazer nos encontros)

Bater tudo no liquificador até formar um líquido homogêneo. Depejar em um coador de vaol (modelo nos encontros). Deixar dependurado em um local fresco com uma vasilha por baixo para recolher o líquido que vai pingando, por aproximadamente seis horas. Depois deste prazo, a massa formada dentro do coador é o queijo, que poderá ser temperado a gosto (limão, sal, azeite, etc) , e o líquido, poderá ser utilizado para o preparo de iogurtes, conforme abaixo, e sopas energéticas.

 

 

IV – SOBREMESAS:

 

IV.1 – IOGURTE DE MORANGO E MAÇA:

Ingredientes:

– sementes de girassol sem casca hidratadas por 8 a 10 horas batidas no liquificador com rejuvelac e coadas em voal, deixando reservado por aproximadamente 6 horas para a fermentação

– frutas de preferência (utilizamos morango e maçã)

Bater tudo no liquificador. Servir em taças e decorar a gosto.

 

IV.2 – TORTA DE NOZES:

Massa básica

– amêndoas germinadas e descascadas

– coco seco germinado e ralado

– frutas secas (ameixa, damasco, uva passa, tâmaras, escolha a gosto). Pode-se escolher apenas uma delas.

Triturar as amêndoas no processador e, em seguida, as frutas secas. Misturar todos os ingredientes até dar um ponto de uma massa homogênea que fique firme e não esfarelando muito.

 

Em uma superfície lisa, ou prato de torta, montar o bolo de forma a deixar uma beirada em volta com um fundo oco para ser colocado o recheio.

 

Recheio:

 

Frutas picados (morangos, kiwi, bananas – os que foram utilizados), ou mamão picado ou qualquer outra fruta de preferência picada. Espalhar no fundo da torta montada, conforme acima. Fazer um creme com abacate (bem pouco) e ameixas pretas, denominado falso chocolate e colocar por cima das frutas. Acrescentar um pouco de coco ralado, nozes trituradas por cima do recheio Decorar com frutas a gosto. Utilize a criatividade na decoração.

 

Variações: Pode-se substituir o creme de mangas pelo mousse de chocolate, creme de morango batido no liquidificador com uvas passas brancas ou creme de mamão batido no liquidificar com tâmaras.

 

V – JANTAR

 

– Quaisquer das opções acima podem ser utilizadas no jantar. Gosto muito das vitaminas verdes. São mais leves e proporcionam um bom sono.

– Mas, escutem o corpo e façam saladas, sopas, iogurtes, etc.

– Nos encontros todos terão a oportunidade de aprender novas receitas e compartilhar o aprendizado de cada um também.

 

Abaixo outras receitas que poderão ser divulgadas no blog. Não preparamos naquele dia, mas podem ser divulgadas para o público.

 

VI – REUNIÃO COM AMIGOS, FESTAS OU MESMO UM DIA COM MAIS TEMPO, INSPIRAÇÃO, ETC.

 

VI.1 – PATÊ DE GRÃO DE BICO

 

Ingredientes:

– grão de bico germinado

– inhame

– limão

– hortelã pimenta, manjericão e cheiro verde

– água de coco e a polpa do coco

– alho, cebola, azeite extra virgem, sal marinho, a gosto

 

Modo de preparo:

– Bater todos os ingredientes no processador até formar um creme. Decorar a gosto. Acompanha saladas, fermentados e desidratados.

 

VI.2 – ENROLADINHOS DE TRIGO

 

Ingredientes:

– trigo germinado

– temperos a gosto (sal marinho, alho, orégano, manajerição, hortelão, cebola, etc.

 

Recheio:

1ª opção:  tomate seco e rúcula

2ª opção: nozes germinadas e frutas secas (damasco, ameixa, tâmara, uva-passas, etc)

 

Modo de preparo:

Moer o trigo na máquina de moer por três vezes mais ou menos (até que se torne uma massa homogênea). Temperar a massa a gosto. Abrir, rechear, enrolar e cortar do tamanho a gosto. Levar ao sol para dar uma desidratada. Está pronto para degustar.

 

VI.3 – PATÊ DE UVA-PASSAS

 

Ingredientes:

– uva passas

– suco de laranja

 

Modo de preparo:

Colocar as uvas passas de molho em suco de laranja por, no mínimo quatro horas. Escorrer bem o liquido e bater no multiprocessador até formar uma pasta.

 

 

VI.4 – PÃO DE LINHAÇA

 

Ingredientes:

– linhaça marrom germinada

– tomate

– alho, sal marinho (pouco)

Modo de preparo:

 

Bater no liquificador até triturar um pouco a linhaça e formar um creme. Abrir em um vidro e levar ao sol para desidratar.

Variações: pode-se substituir o tomate e o alho por maçã, gengibre e canela (faz-se o biscoito doce) ou acrescentar inhame.

Obs.: é interessante participar dos encontros de alimentação viva para ver mais detalhes na preparação desta receita.

​Read More
Goji Berry
Novidades Ecológicas

AM – Receitas Doces

Cardápio doce –

Vitamina Favorita de Sergei Passe no liquidificador os seguintes ingredientes até ficar cremoso: 2 laranjas (descascadas) 2 bananas congeladas (ou outra fruta congelada) Coloque as laranjas primeiro no fundo do copo do liquidificador e depois as bananas Decore com morangos frescos.Serve 2 a  3 pessoas( quando você se tornar viciado, só serve 1 pessoa)

Creme de sementes de linhaça germinada, com passas e banana, batidos no liquidificador.

Musli I: ½ xícara de aveia em grão hidratada; 6 ameixas secas hidratadas; 2 colheres de uva passa hidratada;

2 colheres de linhaça hidratada; 3 castanhas do pará hidratadas; 1 fruta fresca doce ou semi-doce picada. Misturar todos os ingredientes e servir. Quantidade para uma pessoa.

Musli II: ½ xícara de trigo sarraceno hidratado ou germinado; 6 tâmaras hidratadas e picadas; 6 nozes hidratadas e picadas; 2 colheres sopa de linhaça hidratada; 1 fruta fresca doce ou semi-doce picada.

Misturar todos os ingredientes e servir. Quantidade para uma pessoa.

Manjar de coco: Usar Polpa de coco 5mm, na quantidade que desejar. Bater no liquidificador com água de coco, dando consistência firme. Colocar em um recipiente raso. Despejar ameixas por cima. Deixar na geladeira por um tempo. As ameixas soltam um caldo preto em volta.

Mousse: manga, coco germinado ralado, passas preta triturada, morango amassado com garfo. Misturar tudo.

Mousse de Morango no Mamão Germinado: Amendoim e linhaça  Ingredientes: Coco Morangos Passas brancas Canela Raspa limão Manga Mamão papaia Creme: Moer o amendoim germinado com coco , morangos, passas hidratadas, canela , limão. Modo de servir: Servir  em meio mamão papaia sem caroço, com detalhe de linhaça e tiras de manga amarelas rodeando morango no centro da bola cor de rosa.

Mouse de maracujá– maracujá- manga- um pouco de mel- passas claras hidratadas- poupa de coco verde

– abacate. Bater no liquidificador os maracujás com um pouco de manga, coar e voltar com o liquido para o liquidificador adicionar os demais ingredientes bater novamente até ficar com uma consistência homogênea. Colocar na geladeira para ficar um pouco mais firme e servir frio.

Muesli: maçã, aveia germinada triturada com ameixa, passas branca inteira, raspa de limão, Castanha-do-Pará

germinada picada. Misturar tudo.

Musse de cacau: bananas maduras e cacau, bata no liquidificador e pronto! Se gelar, então, fica aerado por dentro!

Musse de abacate: Abacate + leite de castanha-do-pará + limão = divino musse docinho, bata ir ao liquidificador.

Abacaxi divino: Tem um docinho de festa sem açúcar mas não cru: abacaxi picadinho cozido com côco ralado, deixe por uns 15 minutos, depois enrole no côco ralado. Esse faz um sucesso…

Docinho de festa? bananas maduras, algum grão em pó (amendoim, avelãs…), misture até dar liga, faça pequenas bolinhas e passe em algum grão moído. Decore com uvas passas.

BOLOS

Receita básica de bolo Massa: Combine os seguintes ingredientes e misture bem: 1 xícara de nozes, sementes ou grãos passados no processador 1 colher de sopa de óleo 1 colher de sopa de mel Opcional:  ½ xícara de frutas frescas amassadas  ou ½ xícara de frutas secas de molho por 1 a 2 horas e passadas no processador.

1 colher de chá de baunilha ½  colher de chá de noz moscada ½ xícara de alfarroba  em pó casca de 2 tangerinas passadas no processador Se a mistura não ficar firme o bastante, adicione coco ralado. Forme uma crosta num prato raso. Cobertura:  Passe no liquidificador os seguintes ingredientes; adicione água com uma colher de chá se necessário: ½ xícara de frutas frescas ou congeladas ½ xícara de nozes (nozes brancas fica mais bonito) ½ xícara de azeite de oliva 2 a 3 colheres de sopa de mel  suco de 1 limão médio 1 colher de chá de baunilha Espalhe a cobertura sobre a massa. Decore com frutas, cerejas e nozes frescas ou secas.

Exemplo de nozes, sementes e grãos: amêndoas, castanhas, amendoim, gergelim, sementes de linhaça, farinha de aveia ou aveia em grão, trigo e cevada. Exemplo de frutas secas: ameixa, passa, damasco, tâmara, figo ou groselha.Exemplo de frutas frescas: morango, maçã, banana, abacaxi, manga, damasco.Serve 12 pessoas.

Bolo de Coco verde de Sergei Esse bolo ganhou o concurso do Festival Crudívoro em Portland.

Massa:  1 xícara de nozes  ½ xícara  de tâmaras ½ xícara de água de coco verde 4 colheres de sopa de alfarroba

1 mamão pequeno Passe no processador as nozes e as tâmaras até que a mistura fique macia. Misture com a alfarroba e a água de coco. Espalhe uma camada da massa num prato.  Coloque as fatias de mamão sobre a primeira camada, e a segunda camada em cima das fatias de mamão. Cobertura: 1 copo de carne de coco verde

Um pouco de água  1 colher de sopa de mel Passe todos os ingredientes no liquidificador. Espalhe a cobertura sobre o bolo. Decore com rodelas de frutas e nozes.

Imitação de bolo de chocolate Massa: Combine os seguintes ingredientes e misture bem:1 xícara de nozes passadas no processador 1 colher de sopa de óleo 1 xícara de passas 1 xícara de alfarroba em pó 1 colher de chá de baunilha ½ colher de chá de noz moscada casca de 4 tangerinas passadas no processador 1 xícara de ameixas de molho por 1 a 2 horas e passadas no processador. Forme uma camada de 12 polegadas num prato. Espalhe o caldo da ameixa entre as camadas (forme tantas camadas quantas você desejar) Cobertura:  Passe no liquidificador os seguintes ingredientes; acrescente um pouco de água se necessário. 1 xícara de abacate cortado 1 colher de chá de mel suco de 1 limão médio 1 colher de chá de baunilha 4 a 5 colheres de sopa de alfarroba em pó Espalhe essa mistura sobre a massa. Decore com frutas, cerejas e nozes. Congele.  Serve 12 pessoas.

TORTAS

Torta Vienense Germinados: Amêndoas  germinadas Ingredientes: ameixas preta sem  caroço; maçãs cortadas bem fininhas; raspas de limão; canela em pó; passas hidratadas; damasco hidratado liquidificado morangos ou cerejas Massa: Moer as amêndoas com as ameixas formando uma massa e com ela modelar um vazio para receber o recheio . Recheio: Maçã ,  passas, as raspas de limão e a canela, tudo a gosto. Rechear a torta. Cobertura: Cobrir a torta com o creme de damasco hidratado batendo-o no liquidificador. Enfeitar com as cerejas ou os morangos.

Variações da Torta Vienense Germinado: Amendoim  germinado Ingredientes: ameixas preta sem caroço;  maçãs cortadas bem fininhas; raspas de limão; canela em pó; passas desidratadas; mangas uvas  Massa: Moer o amendoim com as ameixas formando uma massa e com ela modelar um vazio para receber o recheio . Recheio: Maçãs, passas, as raspas de limão e a canela, tudo a gosto.Completar o vazio modelado. Cobertura: Cobrir com manga liquidificada e peneirada na panela furada número 3. Decorar com uvas verdes e pretas.

Barquetes de Tangerina Germinados: Gergelim preto Ingredientes: Tangerina pokan Abacate Abacaxi Manga Morango Creme: Abacate liquefeito com abacaxi Modo de fazer: Partir a tangerina no sentido transversal, retirar os gomos que estão partidos ao meio, encher as barquetes de casca de tangerina com o creme, voltar com os gomos fazendo pétalas, detalhes de fios amarelos das mangas em tiras, dos morangos e do gergelim preto germinado.

Torta da baba do Conde Germinados: Pinhão Ingredientes: Figo seco Pêra madura Fruta de Conde Limão  Uva passa Coco Massa: Moer o pinhão descascado com os figos formando uma massa e com ela modelar um vazio para receber o recheio . Recheio: Espreme a fruta de conde na panela furada número 1. Corte pêra em fatias finas e intercale com o creme de fruta de conde até encher o vazio. Cobertura: Coco  ralado com raspa de limão enfeitado com uva passa hidratada e bolinhas feitas com o bagaço da fruta de conde com cravo espetado no centro.

Torta  de abacaxi com côco Germinado: Amendoim  e  linhaça germinados separados Ingredientes: Abacaxi Coco Passas pretas Manga Morango Limão Massa: Moer o amendoim germinado com linhaça e passas lavadas , raspas de limão  formando uma massa e com ela modelar um vazio para receber o recheio . Recheio: Picar o abacaxi em lâminas finas, deixar escorrer o excesso de líquido, misturar com coco ralado .Completar o vazio modelado Cobertura: Creme de manga liquefeito e peneirado na panela furada número 3. Cobre a torta e enfeita com morangos.

Torta de banana Germinado: Amendoim , amêndoas e linhaça germinados Ingredientes: Tâmara desidratada Banana dágua madura Banana prata ainda bem dura Limão Canela Caqui Coco Mamão ou abacate Massa: Moer o amendoim germinado com amêndoas , as tâmaras e raspas da casca do limão formando uma massa e com ela modelar um vazio para receber o recheio . Recheio: Liquidificar banana prata  com caldo de limão e canela. Misturar com as bananas maduras o mamão ou o abacate cortados em fatias. Completar o vazio modelado.

Cobertura: Creme de caqui  peneirado na panela furada número 3. Cobre a torta e enfeita com linhaça germinada e coco

Torta de Tâmaras com Nozes Massa: 4 xícaras de nozes  2 xícaras de tâmaras suco de uma laranja 1 colher de chá de sal ¼ de colher de chá de baunilha Passe no processador as nozes até que a mistura fique bem fina. Ponha numa tigela. Em seguida, passe no processador as tâmaras e o suco de laranja e acrescente as nozes processadas. Acrescente o sal e o extrato de baunilha.  Espalhe a massa num prato. Corte em rodelas finas bananas ou sua fruta favorita  e espalhe sobre a massa. Depois cubra as frutas com outra camada da massa. Decore a torta com pedacinhos de laranja e nozes e (ou) com sua fruta favorita. Serve 8 a 12 pessoas.

Torta Azecta – um tipo de fruta seca (passas, tâmaras, ameixa, damasco…) – um tipo de castanha picadinha (nozes, castanha-do-pará, amêndoas…)- abacate- mel- cacau- uma pitada de sal ou misso. Hidratar e processar as frutas secas, com o sal ou misso até formar uma massa homogênea. Colocar num pirex e adicionar as castanhas picadinhas. Deixar essa “massa” descansando e bater no liquidificador o abacate com o mel e o cacau, despejar no pirex e servir na hora ou guardar na geladeira para ficar mais firminho.

Torta de banana com chocolate 3/4 de xícara (chá) de coco ralado desidatrado 3/4 de xícara (chá) de macadâmia, amêndoas ou avelãs 1/4 de xícara (chá) de tâmaras secas (deixe de molho por uma hora) 1/4 colher (chá) de sal marinho  2 colheres (sopa) de mel Recheio 2 mini-abacates ou avocados 1 xícara (chá) de águas mineral 80g de chocolate em pó 170g de rapadura ou açúcar mascavo 1/4 de colher (chá) de canela em pó 2 colheres (sopa) de essência de baunilha 3 bananas, cortadas em rodelas de 5 mm  Flocos de coco desidatrado para decorar Preparo Massa Processe o coco ralado até atingir a consistência de farinha. Adicione as macadâmias, amêndoas ou avelãs, sal e processe mais uma vez até a consistência de farinha de milho. Adicione as tâmaras e bata até que se forme uma bola ao redor do processador. Transfira a massa para uma tigela, acrescente o mel e misture com as mãos até ficar homogêneo. Com essa massa, forre forminhas redondas de 4 cm de diâmetro ou uma grande com 18 cm de diâmetro. Deixe na geladeira para firmar durante o tempo em que prepara o recheio. Recheio Ponha todos os ingredientes no processador de alimentos e bata até obter uma consistência leve, parecida com uma calda de chocolate grossa. Montagem
Retire as tortinhas da geladeira. Em cada uma, intercale uma camada de chocolate com outra de banana. Quando todas estiverem prontas, decore com flocos de coco ralado desidratado. Sirva gelada.

Torta de maça com massa de pecãs Massa: 1 ½ xícara (chá) de pecã 1 xícara (chá) de figo seco em pedaços ¼ de xícara de alfarroba (encontrada em lojas de produtos naturais) ou cacau em pó Recheio 6 maças descascadas e sem sementes raladas 1 xícara (chá) de maça desidratada moída 1 colher (chá) de canela em pó 2 colheres de sopa de rapadura 1 pitada de noz-mostarda Modo de preparar Coloque as pecãs, os figos e a alfarroba ou o cacau em pó em um processador, até que a massa forme mais ou menos uma bola. Espalhe e pressione a massa em uma forma para torta. Coloque a massa no freezer. Ponha todos os ingredientes do recheio em uma tigela e misture bem com as mãos. Retire a massa do freezer e pressione o recheio firmemente sobre elas, Deixe refrigerando por 2 horas. Serve 8 pessoas.

TORTAS ENFEITADAS: Base para fazer enfeites, tipo vela, bonecos, barcos etc: gergelim, nozes e passas (lógico que tudo germinado).

Abrir no refratário, de acordo com o tipo escolhido, no caso foi uma vela. cremes para colorir a vela: creme de banana

com linhaça, limão, canela. falso chocolate: abacate com ameixas pretas, água de coco e polpa, batidos no liquidificador.

manga com linhaça (este último para dar consistência) e coco, batidos no liquidificador. Enfeites: coco, nozes, amêndoas

picadas, uvas partidas, fatias de abacaxi e coco fatiado para enfeitar. Pôr mamão picado. O pavio da vela foi uma

castanha-do-pará. Podemos usar estrelas de carambolas, morangos etc.

Torta: base: massa de amendoim com passas; recheio: maçã ralada com limão e canela; creme de manga com amêndoas ou

coco; bolinhas de mamão.

BISCOITOS

Biscoitos de gergelim Uma ótima forma de reaproveitar a polpa das sementes depois de preparar o leite de gergelim.5 copos de polpa de gergelim 2 copos de passas 3 colheres de sopa de mel suco de uma laranja. Passe as passas e o suco de laranja no processador até que a mistura fique como um purê. Ponha  numa tigela e misture com a polpa de gergelim. Acrescente o mel e misture bem. Espalhe a mistura na bandeja do desidratador usando a espátula e corte em quadrados.   Desidrate a 110 graus por 12 a 15 horas ou até ficar seco. Forma 15 a 20 biscoitos.

Biscoitos Igor Passe no processador 2 copos de sementes de linhaça e reserve. Passe no liquidificador os seguintes ingredientes: 1 xícara de água 1 cebola grande cortada 3 pedaços de salsão cortados 4 dentes médios de alho 2 tomates(opcional) 1 colher de chá de sementes de coentro 1 colher de chá de sal marinho Acrescente à semente de linhaça que você processou e misture tudo com as mãos. Cubra com uma toalha e deixe a mistura repousar durante a noite para uma leve fermentação. No dia seguinte, usando uma espátula, espalhe a mistura na folha teflex do desidratador. Divida em quadrados  no tamanho desejado. Desidrate até ficar seco, mas não tão ressecado. Ou seque bastante, se você deseja biscoitos para  guardar alguns meses. A quantidade varia entre 25 a 32 biscoitos. Se você não tiver desidratador elétrico, ponha a mistura no sol.

Craquer de linhaça: – Linhaça hidratada – Tomate – Limão – Orégano – Mangericao fresco (bastante) – Limão – Cebolinha – Sal Bater no liquidificador o tomate, o limão, o orégano, o manjericão, a cebolinha e o sal. Misturar com a linhaça quebrada (não precisa triturar só pulsar). Adicionar  algumas folhas de manjericão inteiras, misturar em uma tigela. Depois espalhar a massa (fica uma pasta mais mole) com auxilio de uma espátula sobre um vidro e desidratar.

Barrinha de cereais: Trigo germinado e moído ( só para dar liga não é a base) – Castanha de caju xerém – Coco seco ralado fininho e grosso – Pasta de passas (hidratada e triturada) – Pasta de damasco (hidratado e triturado) – Pedaços de damasco – Sal ou misso  Misturar em uma tigela todos os ingredientes menos o coco ralado grosso, quando a massa ficar homogênea, abri-la sobre um vidro e jogar o coco ralado grosso em cima. Desidratar de um lado, cortar as barrinhas e virar para desidratar do outro lado.

Cereal Matinal Ponha de molho durante a noite 1 xícara de aveia em grão Passe a aveia no liquidificador com ¾ de xícara de água Acrescente ¼ de xícara de tâmaras sem caroço ou passas Acrescente 1 colher de sopa do seu óleo favorito (opcional) Sal a gosto Acrescente algumas frutas frescas e cerejas antes de servir. Serve 3 a 4 pessoas.

Cereal matinal de trigo e painço Coloque de molho durante a noite: 1 ½ xícara de painço 2 xícaras de trigo em grão  1 xícara de avelã cortadinha Ingredientes adicionais: 1 xícara de passas 3 colheres de sopa de mel 1 colher de chá de canela Usando um rolo amasse o trigo e o painço. Transfira os grãos para uma tigela e acrescente a avelã. Acrescente o resto dos ingredientes e misture.Espalhe a mistura igualmente sobre a bandeja do desidratador. É importante espalhar de uma forma que não fique nem muito fina nem muito grossa. Ponha o desidratador a uma temperatura de 100 graus e desidrate até que o cereal fique completamente seco, o que levará de 10 a 12 horas. Sirva com leite de nozes.Serve 3 a 4 pessoas.

DOCINHOS

Docinhos de Sergei 1 xícara de nozes sem por de molho  ½ xícara de tâmaras ¼ de copo de água de coco verde 4 colheres de sopa de alfarroba em pó Passe no processador as nozes e as tâmaras até que a mistura fique macia.  Misture a alfarroba e a água de coco. Forme pequenos bolinhos e passe na alfarroba em pó. Decore com sua fruta favorita.  Forma 8 a 12 docinhos.

Docinho: Queijadinha: coco com damasco, raspa de limão – processados. Essa massa fica envolta em uma uva inteira.

CURAU Milho verde bem clarinho (se tiver velho e amarelo forte não serve para essa receita) Água de coco Uvas-passas claras Castanha de caju Canela  Tirar o milho do sabugo e bater no liquidificador com a água de coco que serviu para hidratar as passas. Coar na Panela furada media (saquinho com furinhos médios) ou na peneira. Voltar com esse liquido para o liquidificador e bater com as castanhas, adicionar as passas e bater. Por na panela, amornar e jogar a canela por cima.

COCADA Ingredientes: Castanha de caju Mel Coco ralado Cravo  Modo de fazer: Processar a castanha até ela virar uma farinha e misturar com os demais ingredientes. Decorar com os cravos. Se quiser mais firme, colocar para desidratar.

PAÇOCA Castanha de caju Limão  Sal Processar bem a castanha de caju até virar uma farinha bem fininha, adicionar o sal e um pouquinho de limão. Amassar e modelar as paçoquinhas em formato de bolinha.

CREMES

Iogurte de nozes ou de sementes Ponha 1 xícara de nozes ou sementes de molho durante a noite com ½

xícara de água filtrada. Passe no liquidificador as nozes colocando água aos poucos até que fique um creme

grosso. Passe na peneira para retirar a parte líquida e ponha a massa numa tigela coberta com um pano fino

para que o ar possa penetrar. Coloque a tigela num lugar morno e deixe descansar por 6 a 12 horas ou até

ficar como um gosto ácido. Este iogurte pode ser feito com gergelim, semente de girassol, com qualquer tipo

de nozes ou com combinações. Você pode variar o gosto colocando mel, suco de limão, sal marinho, essência natural de baunilha ou outros sabores. Quanto mais tempo o iogurte demorar num lugar morno, mais ácido

irá ficar.

Sugestões de algumas combinações para fazer deliciosos iogurtes: Castanha e gergelim Castanha,

amêndoa e gergelim Castanha e semente de girassol  Gergelim e amêndoa Semente de girassol e amêndoa

Pecam e amêndoa Gergelim e avelã

Creme de Abacate: ½ abacate. Descascar o abacate, tirar a semente e amassar para ficar cremoso. Manga com Gergelim: ¼ xícara de semente gergelim hidratado ou germinado; ¼ copo ( 50ml) de água mineral; 1 manga descascada e picada; ½ de café de sumo de gengibre ralado. Bater o gergelim com a água no liqüidificador e coar. Bater o leite de gergelim com a manga e o gengibre até ficar cremoso.

Mamão com Nozes: 200g de mamão; 6 nozes hidratadas. Bater no liqüidificador as nozes com o mamão para fazer o creme. Se precisar, use um pouquinho de água mineral.

Mamão com Amêndoas: 12 à 20 amêndoas hidratadas e sem pele; 200g de mamão. Bater no liqüidificador o mamão com as amêndoas.

Trigo Sarraceno com Tâmaras: ½ xícara de trigo sarraceno hidratado ou germinado; 1 colher de sopa de linhaça hidratada ou germinada; 6 castanhas do pará hidratadas; 6 tâmaras; água mineral, o suficiente. Bater no liqüidificador todos os ingredientes até a mistura ficar cremosa.

Creme de Aveia em Grão: ½ xícara de aveia em grão hidratada; 6 castanhas do pará hidratada; 6 tâmaras;

água mineral, o suficiente. Bater todos os ingredientes no liqüidificador até a mistura ficar cremosa.

Obs.: Estes cremes podem ser utilizados nas preparações das mandalas ou para comer com frutas frescas picadas.

Amêndoas com Damasco: 6 damascos hidratados;  ¼ chávena de amêndoas hidratadas e sem pele;
½ copo (100 ml) de água mineral. Modo de preparar:  Bater todos ingredientes no liquidificador.

Amêndoas com Damasco: 6 damascos hidratados; ¼ xícara de amêndoas hidratadas e sem pele; ½ copo (100 ml) de água mineral. Bater todos ingredientes no liqüidificador.

Creme doce: uva passa (ou ameixa passa), limão e abacate batidos nos liquidificador.

Creme de cacau: Germino a semente e bato com banana.

Mandala: creme de manga com linhaça, falso chocolate, goiaba com abacaxi (batido sem as sementes).

SORVETE

1/2 coco seco, água do coco 3 bananas (congeladas sem casca) (usei a prata, se for a banana grande pode ser 2) 6 morangos (congelados)

​Read More
wpautolike
Dicas de Culinária, Receitas

Salada Gourmet Ié Manjar

Salada Gourmet

Ié Manjar

Esta  salada foi batizada em homenagem a Deusa do Mar, mas com trocadilho que ficou um manjar dos Deuses.

O que mais gosto de saladas detox é que elas são super leves e você sente muito bem depois de comer. Não precisa ter este tamanho de porção, mas claro se quer perder peso seria uma porção ideal. Esta foi uma entrada depois um segundo prato e uma sobremesa.

Ingredientes

Molho que dá a liga:

Tarrine cru, Folha de couve desidratada ou fresca cortada bem fininha, Mostarda germinada triturada ou use mostarda djon,  Sal, Limão e Curry.

Abobrinha cortada em cubinhos sem a casca, lentinha germinada, sem casca, (Viva o João Pedro que me ensinou a fazer isso! Veja o vídeo dele no nosso canal do Youtube).

Basta germinar a lentilha e depois esfregar bem para tirar a casca. Simples mas faz a maior diferença em termos de gases e sabor.

Como Decorar

Opecional: Moranga desidratada temperada com shoyo, curry, limão, azeite e coentro (Você poderá adiquirir no site: www.crulinaria.com.br)

Pode usar sementes germinadas, para decorar.

 

Procedimento

Misture a lentilha germinada com o resto dos ingredientes.

Dicas para montar

Use anéis metálicos de preferênvia, mas pode ser uma lata cortada, um copo. Saiba que estas porções não necessariamente são para quem está de regime, comer pouco é apenas uma questão de programação mental. Depois de alguns meses na alimentação viva você percebe uma diminuição drástica na sua necessidade de encher pratos e mais pratos de salada, o fato de não ter carne não significa que você vai passar fome, significa que não vai ter algo pesado no estômogo e esta sensação é confundida com a sensação de estar com a barriga cheia para leve, esta salada faz isso, ela mata a fome mas não te deixa pesado.

Claro que para praticantes de esporte, a porção poderia ser maior, mas nada que um copo de green smothie não resolva antes da refeição.

Mais fotos…

wpautolike

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tem alguma dúvida sobre esta receita? Use o formulário abaixo.


​Read More